terça-feira, 19 de outubro de 2010

Bullying Virtual





O mundo virtual nos proporciona várias possibilidades, como conhecer gente, saber mais sobre música, arte, moda e entre outros assuntos. Entretanto, esse ambiente para conhecimento e diversão acabou se tornando, também, uma maneira de agredir e humilhar as pessoas. 

Essa agressão ou humilhação que muitos adolescentes e jovens vêm sofrendo através da internet é chamando de 
Bullying virtual ouCyberbullying. A palavra bullying vem do inglês e se relaciona a ações como agredir, bater, ofender, perseguir, intimidar. O cyberbullying é derivado daquele bullying, que consiste no insulto e na humilhação que crianças e adolescentes sofrem em ambientes como a escola. 

Os ataques do 
bullying virtual geralmente acontecem em sites como Orkut, Youtube, Blogs, Messenger e outros. Isso acontece principalmente porque os praticantes das agressões virtuais têm a falsa sensação de anonimato através das mensagens eletrônicas. Segundo a psicóloga Fabiana Maiorino, do Departamento de Psicologia e Informática do Conselho Federal Psicologia (CFP), a falta de escrúpulos digitais é reflexo da sociedade. Além disso, na adolescência, a impulsividade e a intolerância com o diferente se tornam uma espécie de violência irresistível, e agora, para isso, basta um clique no mouse. Por isso, questões de ética e responsabilidade são assuntos que devem ser discutidos entre pais e filhos, aplicando-se tanto na vida real quanto na vida virtual. 

As pessoas que sofrem com esses tipos de ataque, acabam tento conseqüências psicológicas e sociais que podem ser gravíssimas. Problemas como ansiedade, baixa auto-estima e depressão podem ser desencadeadas pelas vítimas do 
cyberbullying. Geralmente, essas pessoas começam a ter suas relações sociais prejudicadas, devido à insegurança e à sensação de diminuição que essas humilhações podem causar.
Cyberbullying pode trazer conseqüências graves.. Foto:Divulgação

Os pais devem estar alerta a qualquer sinal de mudança brusca no comportamento seus filhos. Os jovens que sofrem com esse tipo de agressão não devem temer algo ao relatar aos pais o que está acontecendo, porque isso será fundamental para tomar as devidas providências e ter todo apoio necessário neste momento. Além de ficarem atentos ao comportamento, os pais devem prestar atenção na forma como seus filhos usam o computador e ainda dialogar sobre o uso responsável das tecnologias de comunicação e informação. 
bullying virtual é tão ou mais preocupante que aquele que acontece nas escolas, e realmente deve ser combatido. É necessário impor limites a estes jovens, para diminuir o número de vítimas dessas agressões. As diferenças as escolhas pessoais de cada um devem ser respeitadas, porque apenas assim é possível constituir uma sociedade livre e sadia. 



By:Laís Amanda

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postar um comentário